Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Bifes à milanesa saborosos e sequinhos

ago 10

Bifes à milanesa saborosos e sequinhos. Segredinho da vovó para ajudar quem quer fazer essa saborosa receita veja as dicas , Lucas Dante, do restaurante Hospedaria, em São Paulo, onde a milanesa é um dos destaqu.es do menu.

Bifes à milanesa saborosos e sequinhos veja essas 7 dicas.

1. Use pão italiano para fazer a farinha de rosca Para empanar o bife, o essencial é farinha de trigo, farinha de rosca e ovos batidos. E um dos segredos do sucesso de uma boa “mila” é justamente a qualidade da farinha de rosca, … -que forma a casca externa do prato.

Lucas segue o exemplo da mãe, que não costuma comprar o ingrediente industrializado. “Se minha mãe vai fazer uma milanesa na sexta-feira, por exemplo, na quarta ela compra um pão italiano, corta em fatias e deixa secar no forno bem baixo, sem queimar.”

Ele recomenda usar pão italiano ou francês bem seco e tritutado no processador – quanto mais seca a farinha, mais seca será a casca da milanesa.

2. Filé mignon não A versão original italiana para o prato leva costeleta de vitela – mas na falta dela, cortes como coxão duro, patinho e miolo de alcatra são boas pedidas para o preparo, de acordo com o chef. “Filé mignon, não recomendo.

Contrafilé bem limpo, sem gordura, também funciona bem”, explica Lucas. Quem preferir fazer uma milanesa com outras proteínas pode apostar em peito ou sobrecoxa de frango desossada ou mesmo lombo de porco

3. Quanto mais fino o bife, melhor Você deve se lembrar de sua mãe ou avó batendo no bife para abri-lo. A agressão tem motivo: para a milanesa fritar por inteiro, sem ficar crua por dentro e queimado por fora, é preciso garantir que a carne esteja bem fina.

“Um corte muito grosso vai soltar mais água e isso atrapalha na hora de fritar”, explica o chef. No Hospedaria, para fins de referência, Lucas usa bifes pesando entre 110g e 140g….

4. Varie os temperos colocar tempero na farinha de rosca, no ovo batido ou na carne? Cada cozinheiro tem sua preferência. Lucas, por exemplo, prefere temperar o bife com sal e pimenta do reino e deixar o resto dos ingredientes neutros.

Para quem quiser testar outros sabores, vale apostar em ervas como tomilho, alecrim ou orégano, ou então pimentas como branca e calabresa. Quem gosta de alho pode acrescentar um dente ou dois bem picados à carne antes de empanar.

5. Sem excessos Na hora de preparar, passe primeiro o bife na farinha de trigo, depois no ovo batido e por fim na farinha de rosca. O importante é remover bem os excessos em cada uma das fases, para obter uma milanesa bem leve.

6. Temperatura da frigideira é fundamental No restaurante, Lucas utiliza gordura vegetal a 200 graus para fritar os bifes, para garantir que eles fiquem bem secos. Em casa, seja utilizando óleo ou gordura vegetal, é preciso garantir que tudo esteja bem quente para selar a casca de farinha ao invés de cozinhá-la, rendendo uma milanesa encharcada.

“Não precisa estar soltando fumaça, mas precisa estar bem quente”, explica.

7. Fritou? Deixe descansar Na hora de fritar, um truque para garantir o sabor: antes de servir, deixe a milanesa descansando um pouco sobre o papel-toalha. Além de aparar os excessos do óleo, a pausa ajuda a reidratar a carne.

Fonte https://comidasebebidas.uol.com.br/

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde