Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Dicas, decorando sua casa.

out 31

Segredinho da vovó.

As vezes você deseja fazer uma nova decoração na sua casa veja essas orientações úteis.

ROTEIRO BÁSICO E INFALÍVEL PARA DECORAÇÃO

Primeiro passo para mudar ou fazer a decoração da casa é relacionar todos os detalhes da rotina e do gosto de quem vai morar,com o objetivo de chegar a um ambiente harmonioso,funcional e prático.E essa lista deve ser bem maior do que simplesmente o estilo e as cores preferidas.

É preciso saber o estilo preferido,o cômodo em que cada habitante passa a maior parte do tempo,local onde a família se reúne,como recebe os amigos,quantas pessoas costumam visitar a casa,qual o hobby de cada morador,objetos,espaços e ambientes que cada um considera imprescindível,e assim vai….

Um bom recurso é reservar uma pasta para colocar fotos e recortes de ambientes que você gostou.É provável que existam peças comuns ou detalhes e estilos constantes nessas imagens,deixando claro qual o melhor estilo que combina com o jeito de ser do morador e como ele imagina o lugar ideal.

Uma boa decoração é mais do que objetos de bom gosto e cores combinando.Envolve simetria,funcionalidade e perfeito equilíbrio.Um espaço deve ter o equilíbrio,por exemplo,uma estante não deve abrigar todos os aparelhos de vídeo e áudio do mesmo lado.

Ou,uma cozinha,não deve conter um canto que abrigue um grande armário e outro livre.

Na hora de compor os ambientes,deve ter uma cor predominante ou um material que vá imperar na decoração – metal,madeira,fibras naturais.A intenção não é deixar tudo exatamente igual,mas manter um equilíbrio que vai,na seqüência,destacar peças especiais ou objetos de valor que saiam propositadamente fora do conjunto.

É importantíssimo respeitar o espaço da casa.Por mais maravilhoso que seja,não adianta levar aquela mesa para oito lugares e perder espaço de circulação.Uma peça grande num espaço pequeno deixa o ambiente pesado,tenso,assim como móveis e paredes de tons muito escuros(que só caem bem em espaços amplos).

Aposte tudo em novidades que facilitam a vida e economizam dinheiro.Como os interruptores com “dimmer”,que dosam a luz ambiente de acordo com o momento.

Restrições de Projetos

Para elaborar um bom projeto é necessário, antes de tudo, conhecer um pouco dos hábitos da família que irá utilizá-la.

Dados que são importantes para o projeto:

Número de pessoas na família. Idade das pessoas. Tempo de permanência em casa. Sistema de compra de suprimentos, semanal ou mensal. Local preferido para refeições. Possui empregada doméstica. Gosta de cozinhar ou cozinha apenas para o trivial. Costuma congelar alimentos em quantidade. Costuma receber visitas na cozinha.

Conferindo o esquadro da parede

Marque do canto da parede 80 cm e do outro lado do canto marque 60 cm.

A distância entre os dois pontos deverá ser exatamente 1 metro, se for diferente disto o ângulo não é 90º.

Gaveteiro

O melhor local para o gaveteiro é entre a pia e o fogão , pois isso facilita o uso dos talheres.

Sofás

Há modelos de sofás com até 90 cm de profundidade. Cuidado, pois, em apartamentos pequenos, nem passam pela porta de entrada.

Tecidos listrados, xadrezes e desenhos geométricos ficam com o padrão distorcido nas curvas se o móvel tem linhas arredondadas.

Em sofás com almofadas soltas, use tecidos firmes para que as beiradas não fiquem onduladas.

Evite estampas grandes em peças pequenas.

Para permitir uma boa circulação na sala, a distância mínima entre sofás, poltronas, mesa de centro e móvel de TV deve ser de 500 a 600 mm.

As medidas ideais variam de acordo com tipo físico de cada pessoa. Para não errar teste o modelo com o maior morador da casa.

Encosto 45 cm de altura

Assento 58 cm de profundidade 42cm de altura

2,10 m para três assentos.

Tapetes

Evite o uso de pequenos tapetes, que fracionam o espaço.

Quadros

Quadros com paisagens ou imagens com profundidade levam o olhar para além das quatro paredes.

Luzes

A luz direta de um lustre central no teto cria um cenário homogêneo, que, apesar de menos interessante, é necessário para ocasiões de cerimônia.

Lâmpadas embutidas em sancas, abajures e arandelas são recursos para criar um jogo de luzes indiretas, adequado a uma conversa entre amigos. Ou para a hora do relax.

Spots e luminárias dão destaques a certos objetos.

No canto de leitura, luminárias articuláveis com lâmpada potente a 500 mm do livro.

Sobre a mesa de jantar a luminária deve ficar a uma distância de 80 cm.

Mesas

O tamanho da mesa resolve quantas pessoas você pode reunir, bem sentadas, em torno dela. Cada comensal precisa de um espaço de 60cm de largura para ficar à vontade.

Cadeiras (sala de jantar)

As cadeiras precisam de um recuo da parede ou de qualquer móvel que fique atrás de 70 cm.

Cadeiras (escritório)

A profundidade do assento fica em torno de 40 cm. Já a altura (mínima de 42 cm) depende do usuário, cujos olhos devem se alinhar com o alto do monitor.

Quando os pés não tocam o chão use um suporte embaixo deles.

As cadeiras precisam de um recuo da parede ou de qualquer móvel que fique atrás de 70 cm.

TV

Multiplique o nº correspondentes à polegadas da tela por 7,62 cm e terá a distância ideal do aparelho ao sofá.

Entre tela e poltronas laterais, o ângulo mínimo é 30º (tela arredondada) e até 10º (TVs de plasma).

No caso de telões, a medida varia de acordo com o tipo de projetor.

A posição da tela da TV ou do projetor em relação às janelas e fontes de luz merece cuidado: se a luz ficar atrás da tela, ofusca a visão; se estiver diante dela, gera muitos reflexos. Resolva com uma cortina e com focos de luz laterais.

Computador

Evite cantos com incidência de sol, pois o calor pode danificar o equipamento. Ou use persianas, ventiladores e aparelhos de ar condicionado para controlar a temperatura do ambiente.

Posicione o teclado para que os cotovelos se soltem ao lado do corpo com os punhos apoiados enquanto as mãos digitam.

Cores

Tons claros aumentam a luminosidade do ambiente; os tons pastéis, especialmente o azul e o verde induzem à tranqüilidade. Para quem trabalha com comunicação, o amarelo é uma cor benéfica. Já o laranja favorece a concentração.

Bancada

A altura do tampo fica entre 65 e 75 cm.

O conforto do usuário depende de a bancada ter uma área mínima de 60 cm de largura.

Janelas

Embaixo das janelas só móveis que permitam abri-las sem malabarismo.

Camas

A cama forma um conjunto com o colchão, portanto elas têm que combinar:

Medida padrão: 1,40 X 1,90m colchão 1,38 X 1,88 Queen Size: 1,50 X 2 m colchão 1,48 X 1,98 m King Size: 1,60 X 2 m colchão 1,58 X 1,98 m Box Spring: 1,80 X 2 m a 2 X 2,10 m.

Guarda Roupas

A estatura das pessoas e o tipo de roupa determinam a altura do cabideiro.

Ternos cabem em nichos com altura de 1,20 a 1,30 m de altura.

Calças precisam de altura de 70 cm.

Gavetas deslizantes com 10 cm de altura acomodam camisas dobradas.

A sapateira precisa de 34 cm de profundidade, com alturas diferentes para botas, sandálias e sapatos. Se for funda as corrediças facilitam o acesso para a parte de trás.

Portas

Portas transparentes facilitam enxergar os guardados.

Pia (banheiro)

As menores do mercado medem 30 cm de diâmetro, com altura de 80 a 83 cm. Pedem um corredor de pelo menos 50 cm de largura diante delas.

Pia (Cozinha)

Coloque a pia próxima ao fogão. Evite colocar armários altos ao lado da pia. Poderá haver infiltração de umidade entre as laterais.

Vaso sanitário

Os menores modelos têm 36 cm de largura, 50 cm de profundidade e 38 cm de altura. Deixe 60 cm livre a frente e 20 cm nas laterais.

Chuveiro

Fixado a 2,10 m do chão, pede à frente uma área livre de 70 cm. O Box deve ter pelo menos 1 X 1 m e um vão entre as divisórias e o teto para a dispersão de vapor.

Banheira

Largura mínima de 70 cm, com bordas de 15 cm e comprimento de 1,10 m. Um espaço de 70 cm livres à frente permite a entrada e saída.

Acessórios

Saboneteiras ficam a 1,20 m de altura, porta toalhas a 1,40 m, e porta papel higiênico, a 50 cm do chão.

Tampo (cozinha)

A altura ideal fica entre 90 e 1,10 cm dependendo da estatura de quem vá usá-la. Para garantir a estabilidade não devem ter mais de 3 m de comprimento. A profundidade mínima é de 60 cm (principalmente se forem usados para refeição).

Fogão

Quando for embutido pede uma folga de 2 cm nas laterais e 3 cm na altura.

Não utilize fornos e fogões ao lado de geladeira. Não se recomenda contato direto entre calor e frio.

Coloque o fogão próximo a pia.

Geladeira

Quando ficar entre laterais pede-se uma folga de 2 cm de cada lado e 3 cm na altura.

Não utilize fornos e fogões ao lado de geladeira. Não se recomenda contato direto entre calor e frio.

Observe o lado de abertura da porta (normalmente é para a direita).

Sempre que possível, evitar colocá-los próximos ao canto.

Lava Louças

Quando for embutido pede-se uma folga de 2 cm nas laterais e 3 cm na altura.

Coifas

A distância recomendada entre o fogão e a coifa nunca é superior a 80 cm.

Churrasqueiras

Evite curvas no duto da chaminé que deve ter diâmetro a partir de 15 cm e contar com um anteparo interno para impedir o refluxo da fumaça.

A altura entre o piso e a boca vai de 85 cm a 1,05 m.

Para se chegar ao tamanho da churrasqueira leva-se em conta a altura do morador e também a quantidade de carne preparada normalmente. Um modelo médio tem 1 m de largura por 55 cm de profundidade.

Mármores e Granitos

Indicados para pisos e paredes, dão uma aparência clássica ao espaço. Entre os dois, o granito é o mais duro, resistente ao contato com substâncias ácidas, por isso recomendado para cozinhas. Já o mármore, devido a sua porosidade, deve ser usado em áreas menos suscetíveis a produtos corrosivos. São materiais caros para grandes extensões, mas dão um charme especial quando aparecem em halls de entrada ou lavabos. Apresentam em várias versões e ficam interessantes quando combinados entre si. Cuidado com os nomes das pedras, pois as marmorarias costumam ter sua própria classificação.

Pequenos Enganos a Evitar

Distribuir os móveis de maneira harmônica em um ambiente é um dos grandes desafios da decoração. Quem dita as regras, em geral, é o formato da sala e a posição das portas e janelas. Um bom exercício é planejar no VDMax em planta baixa / ortogonal os móveis necessários e desejados. Nesse jogo, preste atenção se os móveis não dificultam a abertura de portas, se os sofás estão diante de vistas agradáveis, se os lugares para sentar favorecem o convívio e se há espaço adequado para a circulação.

1- Em salas quadradas nem sempre cabem 2 ambientes – às vezes é preferível ter um único, amplo e confortável.

2- Em espaços retangulares, pode-se conciliar salas de estar e jantar. Se houver outro cômodo para refeições, é possível montar dois ambientes de estar.

3- A planta em L, a mais fácil de lidar, acomoda facilmente dois ou três ambientes. Use sua criatividade para distribuílos de forma harmônica.

4- Quanto mais irregular o espaço, mais complexo o layout. Aproveite os cantos chanfrados mas evite peças que evidenciem as quebras.

Fonte: www.graphway.com.br

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde