Vaso quebrado.

Vaso quebrado.

Segredinho da vovó.

Quando os japoneses colam objetos quebrados, eles preenchem as rachaduras com ouro. Eles acreditam que quando algo sofre algum dano, tem uma história, e há conserto, vale a pena repará-lo. Quando alguns vasos se quebram, eles não perdem seu valor. De fato, ao consertá-lo, ele torna um objeto único e especial. E passa a valer mais do que antes!

Assim são as pessoas. Que o ouro que nos conserta, quer seja sabedoria, quer seja mais amor pela vida, quer seja simplesmente o fato de estarmos desenvolvendo nossas qualidades, superando nossas falhas e nos fazendo abandonar hábitos que nos fazem mal nunca nos falte nos momentos em que nos sentirmos como um vaso quebrado.

Da Wikipedia
Kintsugi (金継ぎ?) (Em Japonês, colagem com ouro) é uma arte de consertar peças de porcelana quebrada com uma resina de laquê e ouro em pó.  Kintsugi provavelmente se originou quando o  shogun Ashikaga Yoshimasa mandou uma tigela chinesa  de chá quebrada para restauração na China no século XV. A tigela voltou com horrorosos grampos de metal, o que desagradou o shogun. Então, ordenou que os artesãos japoneses fizessem um trabalho esteticamente mais agradável.
O resultado foi a criação da técnica do Kintsugi.

Fonte gavetasdaalmabrisaseventos.blogspot.com.br

Comentários

comentarios

Andrea Beatriz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.