Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Bolo e suas dicas

ago 06

Bolo e suas dicas .

Segredinho da vovó.

Assim, parece simples preparar um bolo dourado por fora, fofinho e aerado por dentro.

E é: fazer o bolo perfeito, nem requer tanta habilidade.

Basta ter à mão ingredientes de qualidade e seguir a receita com precisão.

Mas saiba que algumas dicas preciosas podem ajudar a aprimorar aquela receita antiga ou uma que você acabou de descobrir.

Quem garante é a “boleira” Simone Ferrarezzi, da Crazy For Cakes, especialista em preparar bolos simples, mas cheios de sabor.

“É importante seguir a receita exatamente como ela é.

Além disso, é preciso prestar atenção no prazo de validade dos produtos”, completa.

Veja abaixo, os conselhos da especialista para preparar o bolo perfeito.

Farinha
Para o preparo de massas, bolos e doces, utilize sempre a farinha que está indicada na receita.

“É importante que ela seja pura, sem adição de fermento, pois como cada receita pede uma quantidade específica deste produto, isso pode acabar alterando o resultado”, diz.

Procure peneirar a farinha antes de usar para ter certeza que não terá resíduos ou grumos.

“Isso também ajuda a tornar a massa mais leve e aerada. E não se esqueça de conservá-la sempre em local seco, fresco e arejado”, completa.

Ovos
Esse é um ingrediente que precisa de muita atenção, da hora da compra até a utilização.

“Compre sempre ovos grandes e que estejam no prazo de validade. Mantenha-os em local fresco e arejado.

Você pode mantê-los no refrigerador, mas retire-os alguns minutos antes de utilizar, até que atinjam a temperatura ambiente”, diz Simone.

“E antes de acrescentá-los a massa, quebre-os um a um em um recipiente separado, para se certificar que não estão ruins”, diz.

Açúcar
Cada receita pede um tipo de açúcar. Geralmente, os bolos comuns pedem o açúcar branco, refinado. Mas algumas utilizam  o granulado,  o de confeiteiro ou o mascavo.

“Em qualquer um dos casos, o importante é sempre usá-lo peneirado e na quantidade certa. O excesso de açúcar pode resultar em um bolo pesado e pode dificultar seu crescimento”, alerta Simone.

Bolo e suas dicas ,leite ou iogurte?
Algumas receitas pedem o uso de leite e outras, de iogurte. Ambos servem para tornar o bolo mais úmido, mas qual deles usar?

“O ideal é sempre seguir a receita”, sugere a boleira. “Não costumo substituir um pelo outro pois acho que cada receita tem a sua combinação certeira.

No final, o que faz realmente um bolo sair perfeito é o carinho que você dedica em sua produção, desde a escolha dos ingredientes até sua finalização”, conclui.

Fermento
Como em qualquer outro ingrediente, no fermento a validade é a primeira coisa na qual se deve prestar atenção.

Para fazer bolos, o ideal é usar  fermento em pó. Na maioria das vezes, ele é o último ingrediente a ser adicionado à massa,

já que assim que é misturado aos líquidos, começa a agir. “Se durante o preparo você perceber que o fermento acabou, não se desespere.

Você pode substituí-lo por bicarbonato de sódio. Mas apenas em último caso, pois ele pode alterar o sabor do bolo.

O ideal é conferir a sua receita e ver se possui todos os ingredientes antes de começar a cozinhar”, diz a especialista.

Massa
Há diversas técnicas usadas na hora de fazer a massa do bolo -você utilizar a batedeira, o liquidificador ou usar uma colher de pau ou fouet.

“Para receitas que levam óleo, normalmente usa-se o liquidificador. Quando a receita é preparada com manteiga, utilizamos a batedeira.

Se preferir bater o bolo na mão, misture muito  bem todos os ingredientes para que a massa fique homogênea.

Lembre-se sempre que se as claras forem batidas em neve, estas devem ser incorporadas à massa com delicadeza, sem bater”, explica a boleira.

Simone diz ainda que para ter um bolo macio, você precisa usar os ingredientes sempre em temperatura ambiente

e na quantidade exata solicitada na receita. Para isso, vale usar utensílios como xícaras, colheres e copos medidores, além de uma balança, se for o caso.

“Muitas vezes, só de ver a receita, já conseguimos identificar se o bolo vai ficar macio ou não.

Por exemplo: se a quantidade de açúcar for maior que a de farinha, já é indício de que o bolo pode ficar pesado.

Muito óleo também pode causar o mesmo efeito”, adverte.

Formas
Cada receita pede um tamanho de forma. Por isso,  antes de escolher a sua, verifique a quantidade de ingredientes da receita escolhida.

Por exemplo: se você tiver uma receita que leva  3 xícaras de farinha, 2 xícaras de açúcar e 5 ovos, você vai precisar de uma forma

grande -se utilizar uma pequena, a massa poderá transbordar.  Se ao contrário, usar menos quantidade de ingredientes e usar uma forma muito grande, o bolo pode ficar muito fino.

“O ideal é que a quantidade de massa colocada na forma, nunca ultrapasse 3/4 de sua altura. Verificar a quantidade de fermento que vai na massa também pode ajudar na escolha da melhor forma”, explica Simone.

Na hora de untar, ela ensina que o melhor é usar a margarina, que tem mais cremosidade e é mais fácil de espalhar.

“Ela faz com que o bolo não grude e ainda  ajuda a dourá-lo nas laterais”, diz. Depois, é só polvilhar com farinha de trigo e bater o excesso.

“Se preferir, você pode usar papel manteiga. Para isso, espalhe alguns pontinhos de margarina na forma,

corte o papel no tamanho de seu fundo e “cole” sobre a margarina”, diz a especialista. Mas esteja atento pois cada receita pede um método específico para untar.

O melhor é sempre seguir a indicação”, atesta.

Forno
Antes de assar qualquer bolo, preaqueça o forno por pelo menos 10 minutos.

“Isso faz com que a temperatura interna esteja ideal no momento em que o bolo entra no forno.

Procure assá-lo em temperatura média, a 180ºC e nunca abra o forno durante o cozimento: a mudança brusca de temperatura fará seu bolo murchar”, adverte.

Cozimento
O excesso ou a falta de algum ingrediente pode fazer com que o bolo afunde no meio

. Isso também pode ocorrer se a massa estiver muito líquida. Neste caso, vale checar a receita e durante a preparação, alterar a quantidade de farinha, por exemplo.

“Uma maneira de evitar surpresas é verificar se a grade do seu forno está na posição correta, sem um lado mais alto que o outro”, ensina Simone

. “Outra dica é, colocar a massa na forma e nivelar com uma faca, para que o bolo cresça de maneira uniforme”.

Ficar atento à temperatura e ao tempo de cozimento indicado para que seu bolo cozinhe por dentro e

doure o necessário é outra precaução a ser tomada. “Se o forno estiver quente demais, o bolo pode dourar e a massa continuar crua por dentro’, conta Simone.

“Evite abrir o forno a todo momento pois deste modo seu bolo irá murchar. Abra somente quando estiver bem próximo do tempo total que a receita solicita”,

diz. Para controlar o tempo com precisão, ela sugere o uso do timer.

Para se certificar que o bolo está assado, vale o velho truque de espetar um palito no centro da forma: se ele sair limpo, está pronto.

“Se sair líquido e ele já estiver dourado, retire o bolo do forno, cubra com papel alumínio e leve de volta ao forno até terminar o cozimento”, finaliza.

O mesmo  vale para não deixar o bolo “solado”, pesadelo que qualquer pessoa que já tentou preparar o doce já enfrentou ao menos uma vez.

O correto é sempre seguir a receita à risca. A falta ou excesso de algum ingrediente pode atrapalhar todo o processo.

O bolo precisa de um tempo certo para assar e é preciso ter paciência”, finaliza.

Veja as dicas de Buddy para cada ocasião com seu bolo especial.

1-Bolo e suas dicas  para o Chá de Bebê

O bolo é a peça central dessa celebração, e deve transmitir alegria, ternura e esperança com o nascimento do bebê, além de combinar com o tema da festa. Desenhos animados, brinquedos, produtos para a mãe e o bebê ou bichinhos de pelúcia são os mais comuns.

O bolo deve ter cores suaves, como amarelo, azul, cor de rosa e verde. A decoração pode incluir fitas, laços e flores de fondant.

Outra boa ideia é montar uma mesa com um bolo de um ou dois andares, e complementar com cupcakes, cakepops e biscoitos.

2-Bolo e suas dicas  para o Batizado

Buddy sugere desenhos sóbrios e simples para essa ocasião, e cores suaves como branco, cor de rosa, azul celeste e amarelo, dependendo do sexo da criança. Seus bolos costumam ser retangulares e são decorados com sapatinhos, flores, cruzes e até pequenas bíblias.

É importante que o bolo combine com o ambiente e com a decoração. A mesa de doces pode ser complementada com balas embrulhadas em um papel que combine com os convites, centros de mesa e lembrancinhas.

3-Bolo e suas dicas  para Aniversários especiais

Para uma festa de quinze anos, Buddy recomenda um bolo de cores vibrantes e design divertido. Rosa-choque, vermelho, violeta, branco e preto são algumas das mais frequentes, além de enfeites como flores, fitas de cetim, plumas e muito brilho.

Esse tipo de bolo costuma ter vários andares e formas irregulares. Bolos desse tipo também são usados em aniversários de 18 anos. Os temas para os meninos costumam estar relacionados ao futebol, jogos, super-heróis e bandas de rock.

Para idades mais avançadas – um aniversário de 50 anos, por exemplo – os bolos também podem ser alegres e divertidos. Relembrar momentos da infância com motivos retrô, imitar produtos ou imprimir fotos sobre o bolo são soluções originais.

4- Bolo e suas dicas para  Aniversário de Casamento

Bolos de um ou dois andares costumam ser utilizados nessa ocasião e também no dia do casamento. A cor mais comum é o branco ou o creme.

Os apliques prateados costumam ser utilizados no aniversário de 25 anos de casamento; os vermelhos, no de 40 anos e os dourados, no de 50. Não é recomendável combinar muitas cores ou usar preto. A decoração pode incluir flores, fitas ou corações com brilho, desde que o design seja delicado e sutil.

5-Bolo e suas dicas . Viagens

Em uma festa de boas-vindas ou despedida, é possível criar um bolo que represente uma cidade ou país. Macarrão de fondant, almôndegas de chocolate e molho de framboesa são alguns dos ingredientes doces que permitem recriar em um bolo os pratos típicos da cozinha mediterrânea.

Também é possível criar modelos mais simples, inspirados em malas, mapas ou bandeiras. É importante transmitir uma mensagem de alegria e esperança, o que exclui bolos sóbrios demais.

segredos da vovo boloss

Bolo.

segredos da vovo boloss1

Bolo casamento.

segredos da vovo bolos

Bolo infantil.

Fonte  www.receitas.uol.com.br

http://discoverymulher.uol.com.br/

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde