Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Organizando a festa de 1 ano da sua criança

out 19

Organizando a festa de 1 ano da sua criança . Segredinho da vovó  nessa idade, o tamanho da comemoração não faz diferença para seu filho.

Se você fizer só um bolo em casa  junto dos  parentes mais próximos, seu filho sentirá o gostinho da festa e você vai ter uma boa recordação. Talvez ele fique até mais tranquilo e à vontade que em meio a muitas pessoas.

É preciso levar em conta a criança ao planejar a festa

O que um bebê dessa idade mais gosta é de atenção individual. Adora brincar com as pessoas às quais está acostumado e seu principal passatempo é fazer papai e mamãe darem risada! Tudo isso mostra que uma festinha pequena já é suficiente para alegrar o bebê.

Se mesmo assim o sonho da sua vida for dar uma megafesta para o seu filho, programe-a para um horário em que ele esteja descansado, e esteja preparada para ter que tirar ele  por um tempo da festa se estiver muito assustado. E reveja suas expectativas: com bebês dessa idade, não é muito improvável que bem naquele dia ele resolva dormir exatamente na hora do parabéns.

O horário da festa de 1 ano

Seu filho já deve ter uma rotina mais ou menos fixa de sonecas durante o dia. Uma opção é programar a festinha para o meio da tarde, quando ele tiver tirado a soneca de depois do almoço e estiver descansado. Um horário como 16h também vai agradar os pais de outras crianças pequenas.
A festa também não precisa ser muito longa. É provável que seu filho acabe ficando irritado se a festa começar às 16h e o parabéns só for acontecer lá pelas 20h. Isso vale ainda mais se houver vários outros convidados da mesma idade. Uma vez que um comece a chorar, todos vão chorar também, e não era bem esse o coro que você estava imaginando para a hora do bolo.

Recreação para celebrar o 1o aniversário

Festas de aniversário de 1 ano normalmente nem precisam de recreação, pois na maioria das vezes há muito mais convidados adultos que crianças — a não ser em famílias com muitos primos ou quando o bebê tem irmãos um pouco mais velhos.

Deixe para investir em atividades divertidas nas próximas festas. Espalhe alguns brinquedos do seu filho e pronto! Caso você tenha uma piscina de bolinhas ou algo parecido, as crianças vão gostar. Se quiser, organize uma brincadeira de roda ou algo bem simples. O ideal é ter um espaço livre para que a criança possa engatinhar ou arriscar os primeiros passos sem trombar com os convidados.

O que servir na festa de 1 ano

Lembre-se de que os convidados são bebês, e que muitos pais preferem que crianças pequenas ainda não comam chocolate, por exemplo. Por isso, é boa ideia ter alternativas ao brigadeiro entre os docinhos, e pode valer a pena fazer um bolo branco por exemplo.

E cuidado com a vela na hora do parabéns — é mais provável que seu filho queira pôr a mão nela, em vez de tentar soprar.

Em vez de garfinhos de plástico, ofereça colheres aos convidados bebês — garfinhos de plástico podem quebrar ao ser mordidos.

Sirva água e suco para as crianças pequenas, e evite oferecer aos adultos amendoim ou outros alimentos com que os bebês possam engasgar.

Nessa idade, gelatina serve mais como brinquedo que como comida, e certamente vai acabar no chão. Se houver muitos convidados da mesma idade, vale a pena investir em potinhos de sobremesas tipo iogurte para oferecer. Sanduíches simples, fáceis de morder, também fazem sucesso, assim como pães de queijo.

Escolhendo o tema 

Na festa de 1 ano, o tema não faz muita diferença, já que a criança ainda não demonstrou nenhum grande interesse.

Aproveite sua chance de escolher à vontade! Balões, pratinhos e copinhos coloridos já criam um bom visual para as fotos, por isso a festa nem precisa ter “tema”.

Outra alternativa aos personagens do momento é escolher um tema mais universal e atemporal, como “fazendinha”, “circo”, “bailarina” etc.

Lembrancinhas

A não ser que haja crianças um pouco maiores, você pode até abrir mão das lembrancinhas. Não dê balas e pirulitos para bebês, já que eles podem ser perigosos.
Livros: sempre bem-vindos, os livros infantis com histórias e boas ilustrações valem para qualquer idade e têm a vantagem de realmente ser uma recordação que dura; se você preferir um livro destinado a crianças de 1 ano, uma dica é comprar aqueles de papelão bem duro, que aguentam mordidas.

Bloquinhos ou peças de encaixar: sucesso garantido para esta fase de curiosidade, mesmo que a brincadeira seja só jogar tudo no chão e não necessariamente montar ou encaixar nada; procure peças grandes e de formato sem pontas que possam ser cortantes (preste atenção para que os produtos tenham certificação de qualidade do Inmetro e sejam atóxicos).

Mochilas: nada como ter um lugar especial para guardar todos os “importantes” pertences que daqui para a frente a criançada começa a gostar de pôr e tirar do lugar infinitamente; em uma mochila pequena dá para incluir, se você quiser, uma bola daquelas molinhas de apertar e um copo com canudo ou tampa para reter o líquido; necessaire também são práticas e, por serem menores, normalmente mais baratas. São ótimas para levar brinquedos menores e até um lanchinho.

Balde de areia: para brincar no parque do bairro, do prédio, do clube ou na praia, um baldinho com pás, peneira e formas de diferentes tamanhos é um daqueles itens que nunca sai de moda e faz a alegria das crianças por um bom tempo. Costuma sair bem em conta.

Copos, pratos e talheres:nesta idade em que já podem comer quase tudo  copos e pratos coloridos (com o tema da festa ou sem personagem) animam a refeição e nunca são demais em casa nenhuma; certifique-se de que são de plástico resistente e, ao mesmo tempo, apropriados para o uso por crianças; você pode acrescentar também um jogo americano (porta-pratos) para fazer um kit bem completo; garrafinhas tipo squeeze costumam ser muito úteis.

Bolhinhas de sabão: presente bom, bonito e barato, e não há criança que não se encante; os tubinhos mais simples custam baratinho, e há também opções mais incrementadas (verifique na embalagem se o produto é atóxico).

Regador de plantas: versátil, essa lembrancinha serve tanto para ensinar a regar e cuidar das plantas, como também para levar um pouco de água para a areia ou até para refrescar mãos e pés em um dia de bastante calor; não exagere no tamanho, senão a criança não vai conseguir pegar na lateral, já que ainda está desenvolvendo o movimento de segurar objetos entre os dedos.

Massa de modelar ou tinta para pintura a dedo: crianças pequenas gostam de explorar texturas diferentes, e brincar de massinha e tinta é sempre uma festa (sempre com a supervisão de um adulto para não parar na boca); certifique-se de que o produto é atóxico.

Que comprar de presente 

Crianças de 1 ano adoram qualquer coisa que faça barulho ou tenha luzes (ou ambos!). Há vários brinquedos desse tipo no mercado.

Mas pode ser uma coisa mais simples também. Livrinhos de páginas rígidas, com texturas diferentes para serem sentidas com os dedos, fazem sucesso e são resistentes. Livros tradicionais, com histórias para serem lidas por um adulto são outra ideia.

Brinquedos de puxar e de empurrar são especialmente atraentes nessa fase, quando as crianças estão perto de andar.

Se quiser dar um presente maior, pode investir num carrinho ou velocípede, de preferência com uma haste para um adulto empurrar, já que ainda vai demorar algum tempo para o bebê conseguir pedalar.

Roupas também são ótimos presentes para essa idade. O bebê ainda não faz objeções e o estoque de presentes da época do nascimento a essa altura já deve ter acabado.

Dicas

1-Deixe um trocador à disposição dos convidados.

2-Ofereça um lugar tranquilo para bebês mamarem ou dormirem.

3-Se a festa for em casa, tire seu animal de estimação de circulação — para a segurança dele próprio!

4-Fique de olho no chão, durante a festa, para não deixar nenhum objeto engolível ou perigoso ao alcance dos bebês (principalmente restos de balões estourados).

5-Os bebês vão brincar um ao lado do outro, e não juntos. Deixe alguns brinquedos à mão num espaço livre, onde eles possam circular pelo chão.

6-Tente relaxar — faça as coisas no ritmo do bebê e tente se desvencilhar da sua ideia pré-concebida de como seria a festa perfeita. Talvez não seja nada daquilo que você sonhou.

7-Recrute um voluntário para tirar fotos ou filmar a festa. Você vai estar muito ocupada para fazer isso, e corre o risco de ficar sem a lembrança

segredos da vovo fesat colorida

Painel.

 

segredos da vovo a festa6

Festa.

Festa

segredos da vovo a festa4

Festa.

segredos da vovo a festa3

Festa.

segredos da vovo a festa2

Festa.

Festa.

Fonte https://brasil.babycenter.com

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde