Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Dicas, roupas confortáveis

set 10

Nem pijama nem camiseta velha. Roupas feitas para ficar em casa viram tendência: é o loungewear

Foi-se o tempo de passar vergonha com camisetas gastas e calças de lycra esgarçadas, aposentadas da academia, para ir à padaria ou receber uma visita inesperada. Com modelos confortáveis, em tecidos macios e de bom caimento, o loungewear ou homewear está transformando a roupa de ficar em casa num desfile particular. Como combina com uma tarde de lazer, mas também com trabalho em casa e compromissos informais, essa tendência virou a queridinha dos profissionais liberais. A inspiração vem dos pijamas, mas as peças são tão charmosas que nem de longe lembram a roupa de dormir.

“A gente sentia falta de modelos que garantissem comodidade, mas saíssem do básico”, diz Renata Alhadeff, da marca A.Niemeyer. “É fundamental ter conforto, mas sem perder o estilo, a originalidade e a sofisticação.” Em modelagens mais largas, há peças para todos os gostos e estações – agasalhos, calças saruel, pantalonas, shorts, minissaias, vestidos de manga longa, regatas. O aconchego é reforçado pelos tecidos moles, como plush, moletom, atoalhados, malha, flanela e piquê. “Na A.Niemeyer, usamos muito fibras naturais, como algodão e linho”, afirma Renata.

VERSÁTIL Confortável, o loungewear vai à rua também, com acessórios. Da esq. para a dir., peças da Flor, Coisas de Alice, Vi and Co. e A.Niemeyer

Marcas de roupas íntimas, como Puket e Jogê, aqui, e as grifes objetos de desejo La Perla e Victoria’s Secret, lá fora, estão lançando linhas nessa tendência também. Além das modelagens largas, as cores são mais neutras e básicas, tentativa de tornar as peças atemporais. “As mulheres hoje pegam trânsito, têm muitas atividades e precisam de roupas que possam ir do trabalho para uma festa”, diz Viviane Ximenes, da Vi and Co., que aposta em moda descompromissada, misturando cortes em alfaiataria com tecidos aconchegantes. “Dependendo da troca de acessórios, como sapato e bolsa sofisticados, você está pronta para compromissos de manhã à noite.”

Para o loungewear sair do sossego do lar e encarar a maratona diária, a stylist Elle Baraldi também sugere a adoção de acessórios com pitadas de luxo. “Uma calça de plush com bom corte pode ser usada com salto grosso e camisa, por exemplo”, afirma a consultora de imagem, que faz uma previsão: “Esse conceito não deve passar tão cedo. De forma-geral para possibilitar conforto, as malhas são ótimas mesmo” Não esquecendo o mantra: à vontade sim, desleixada, nunca.

FOnte Revista Isto É Independente –Verônica Mambrini

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde