Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Dicas para escolher o bolo cenográfico.

set 10

Dicas para escolher o bolo cenográfico. Segredinho da vovó o bolo falso ou bolo fake pode ser “encomendado” no mesmo lugar onde você pretende fazer os seus doces.

O preço varia de acordo com os andares , ou seja, quanto mais alto, mais caro.

Geralmente o recheio é de isopor com a finalização em pasta americana e não perde em nada para um bolo de verdade.

Optando por ele, você pode encomendar um bolo simples, que será cortado na cozinha e distribuido pelos garçons da sua festa.

Com e sem andares, redondo, quadrado, ou qualquer que seja o formato, o bolo nunca pode faltar em uma festa, concorda? Mas preparar um bolo que seja verdadeiramente bonito e gostoso ao mesmo tempo não é nada fácil. A pasta americana, por exemplo, é perfeita para as decorações mais rebuscadas… mas não é lá tão legal na hora de comer. Por isso mesmo, o bolo fake é cada vez mais comum.

Com essa opção, é possível ter uma mesa de bolo diferente e criativa, e ainda servir o bolo perfeito para os convidados, sem bagunça na hora de cortar os pedaços de cada um. Mas, para um trabalho prático e de qualidade, é preciso escolher bons materiais e combinações.

Flexível, econômico e fácil de manusear, o EPS Isopor® se destaca como um dos melhores “ingredientes” para o bolo fake, atendendo a diversos tamanhos, formatos e tipos de decoração. O molde pode ser revestido com tecidos, tintas, pasta americana, biscuit, laços e, basicamente, tudo o que a criatividade permitir. Confira algumas dicas que podem te ajudar nesse processo!

  • Você pode escolher um formato e tamanho diferenciado para o bolo cenográfico, considerando o local em que ele ficará exposto, o tema da festa, e até mesmo a altura do aniversariante/dos noivos, para que não acabem ficando escondidos. Agora, dependendo da sua ideia e da ocasião, você também pode optar por um molde já pronto, poupando trabalho com o recorte e adequação das peças. A Knauf, por exemplo, tem um modelo já pronto para decorar.
  • Se preferir criar a própria base de EPS, não deixe de arredondar as bordas com uma lixa para garantir uma finalização mais natural e profissional;
  • Para o bolo fake de diferentes camadas, corte as peças com no mínimo 5 cm de altura para cada andar. O mais indicado é o bolo com, pelo menos, 3 andares, para garantir harmonia e equilíbrio na decoração;
  • Caso decida decorar o bolo fake com pasta americana, uma dica é aplicar uma camada de gordura vegetal no EPS antes, para uniformizar e facilitar o manuseio da cobertura;
  • Na hora de escolher as cores e combinações, considere que:
    • As cores primárias (vermelho, azul e amarelo) são principalmente utilizadas em bolos infantis;
    • Cores opostas, como amarelo e roxo, ou branco e preto, são mais dramáticos e criam profundidade;
    • Uma paleta monocromática, como diferentes tons de rosa ou de azul, é mais discreta e elegante, geralmente utilizada em ocasiões mais formais.
  • Para finalizar, escolha um suporte que valorize o bolo e a decoração da festa.

Esse é o grande pulo do gato para quem quer economizar.

1- o bolo cenográfico ficará intacto durante toda a festa, disponível para fotos – enfeitando a mesa de doces até o fim.
2- O bolo que será servido não precisará de tanto tempo para ser preparado e pode ser servido gelado.
3- O tempo de exposição é bem menor.  Os “bolos verdadeiros”  de casamento precisam começar a ser feitos pelo menos 2 dias antes.

Até chegar na festa, ele já passou por várias horas exposto ao tempo, poeira, etc .

Veja também :

Decoração com arte manual

 

Fonte www.blodocasamento.com.br

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde