Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Natal,Árvore Natalina.

out 30

Segredinho da vovó.

A Alemanha tem o crédito de começar a tradição da árvore de Natal no século XVI, quando cristãos devotos traziam árvores decoradas para dentro de suas casas. Alguns faziam pirâmides de madeira e as decoravam com ramos e velas se a madeira era escassa.

O costume da árvore de Natal ficou gradativamente popular em outras partes da Europa. Na Inglaterra, o príncipe Albert, marido da rainha Victória, transformou as árvores de Natal em uma coisa da moda, decorando a primeira árvore de Natal do castelo de Windson com velas e uma variedade de doces, frutas e biscoitos de gengibre em 1841.

A eletricidade ajudou a introduzir as luzes de Natal, fazendo possível as árvores brilharem por várias horas. Com isso, as árvores de Natal começaram a aparecer nas praças das cidades pelo país. Todos os prédios importantes, privados e públicos, marcavam o começo da época do Natal com a cerimônia da árvore.

Na Polônia, as árvores de Natal costumavam ser enfeitadas com anjos, pavões e outros pássaros e também com muitas e muitas estrelas. Na Suécia, as árvores são decoradas com enfeites de madeira pintados com cores vivas e bonecos de palha com formas de animais e crianças. Na Dinamarca, minúsculas bandeiras dinamarquesas e móbiles de sinos, estrelas, flocos de neve e corações são pendurados nas árvores de Natal. Os cristãos japoneses preferem minúsculos leques e lanternas de papel. Os lituanos cobrem suas árvores de Natal com gaiolas de pássaros feitas de palha, estrelas e figuras geométricas. A palha significa o envio de um pedido por boas colheitas no ano seguinte. As árvores tchecas mostram enfeites feitos de casca de ovo pintada.

A árvore ucraniana tem uma aranha e uma teia para ter boa sorte. Uma lenda conta que uma mulher pobre com nada para colocar na árvore de suas crianças acordou na manhã de Natal e encontrou os galhos da árvore cobertos por teias de aranha transformados em prata pelo sol nascente.

A árvore de Natal deve ser montada a partir do 1º domingo do Advento (pelo calendário católico romano), que é normalmente entre o último domingo de novembro e o primeiro domingo de dezembro. E deve ser desmontada no dia 6 de janeiro (Epifania do Senhor ou dia  de Reis).

Segundo uma antiga tradição alemã, a decoração de uma árvore de natal deve incluir 12 ornamentos para garantir a felicidade de um lar:

Casa: proteção
Coelho: esperança
Xícara: hospitalidade
Pássaro: alegria
Rosa: afeição
Cesta de frutas: generosidade
Peixe: benção de Cristo
Pinha: fartura
Papai Noel: bondade
Coração: amor verdadeiro

Árvore de Natal Gnóstica.

Tipo de Árvore: Se possível, que seja um pinheirinho, já que esta árvore representa a energia luminosa da Era de Aquárius. O pinheiro é, na verdade, o símbolo da Era Aquariana.

Localização da Árvore: Sugere-se colocar a árvore de Natal ao centro da sala ou no leste, aonde o Sol nasce. É apenas uma sugestão, caso não haja essa possibilidade, qualquer local será apropriado para isso.

Como Enfeitar a Árvore: Sempre de cima para baixo, respeitando as forças descendentes do Espírito Divino que vêm para nos abençoar aqui no plano físico.

No Topo da Árvore: Fixe uma estrela dourada, esta representa nossa Estrela Interior que anseia nos guiar na peregrinação da vida, é o nosso Espírito Divino que precisa nascer em nossa Consciência (o topo de nossa Alma é a Consciência). Porém NUNCA ponha a estrela de ponta cabeça, se esta for de cinco pontas.

Os Enfeites: Os enfeites alegorizam virtudes, poderes e forças espirituais que devem triunfar dentro de nós, e também dentro da casa onde está a Árvore. Vejamos os principais enfeites-símbolos:

1. Os 3 Sininhos: Simbolizam a Santíssima Trindade, as três Forças Primárias do Cosmos;

2. Os 7 Anjinhos: Representam os 7 Espíritos Angélicos Santificados, que estão diante de Deus intercedendo por todos nós;

3. As 12 Bolas: Podem ser mais, obviamente, mas as maiores devem ser ao todo 12, e este número representa as 12 Leis Crísticas, os 12 Salvadores e os 12 Cavaleiros da Távola Redonda, que nos protegem de todo o mal para algum dia encontrarmos as 12 Verdades de Cristo;

4. As 7 Bengalinhas: Simbolizam as 7 Kundalinis que devemos trabalhar para algum dia encarnarmos nosso Poderes que Divinizam;

5. Os Enfeites: Ao pé da Árvore, representam todas as virtudes que queremos alcançar em nossa vida espiritual; podem ser pequenas caixinhas, elas representam essas virtudes e podem ser de cores variadas

 

Fonte Porta Terra.

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde