Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Dicas, cuidado com a internet

jul 10

Segredinho da Vovó.

Veja aqui algumas dicas de como utilizar a internet.

Tem muita gente na rede que domina a arte de se aproximar e que é capaz de criar uma intimidade só para arrancar informações pessoais. Eles fazem isso de uma maneira esperta, sem dar bandeira. Quem entra nesse jogo corre riscos sérios na vida real”, avisa Marinês Gomes, gerente de segurança da Microsoft Brasil. Para evitar cair nessa e em outras ciladas do tipo, algumas dicas dos nossos consultores: O que importa é a qualidade e não a quantidade de amigos nas redes. Por isso, não aceite desconhecidos. Dê uma olhada no perfil da garota ou do garoto no Orkut ou converse com outros amigos em comum para saber mais sobre o fulano ou a fulana, antes de dizer “sim” a eles.

* Se decidiu conhecer um amigo virtual, avise seus pais sobre o encontro, marque em um local público e vá acompanhada.

* Sempre que for abordada por gente com um papo meio tenso, que a ofenda ou a incomode de alguma forma, configure sua conta para bloquear aquele contato.

* Cadastre-se com informações verdadeiras no cadastro privado, mas coloque só o primeiro nome no perfil público. E não saia divulgando dados pessoais como telefone, endereço, essas coisas. Meio óbvio, né? Mas sempre é bom reforçar…

* Também é preciso tomar cuidado com outras informações ou fotos que mostram a sua rotina em detalhes. Uma imagem sua com a galera na frente da escola, em que apareça a fachada do colégio, por exemplo, é o suficiente para deixar qualquer um a par de onde você estuda.

* Convidar a turma para uma balada no fim de semana, deixando um recadinho no Orkut, também dá brecha para que outras pessoas não tão bem-intencionadas apareçam por lá. Que tal mandar uma mensagem por MSN ou um torpedo para cada amigo em vez de abrir essas informações pra quem quiser ver? Não custa nada prevenir, né?

* Vídeos ou fotos suas podem ser facilmente manipulados. Então, veja se vale a pena correr o risco de postar no seu perfil.

* Pense antes de escrever. As palavras ficam gravadas e uma simples fofoquinha pelo MSN pode ser usada contra você.

* Pense mais ainda antes de abrir a sua web cam. Ela permite que qualquer pessoa entre na sua casa, na sua vida e na sua intimidade. Poucos merecem esse privilégio, certo?

* Cuidado ao baixar arquivos que não sabe de onde vêm. Nunca aceite que instalem programas desconhecidos em seu computador.

* Participe de comunidades positivas. Tudo bem que você odeia uma ou outra pessoa. Mas precisa dizer isso pra Deus e o mundo no Orkut? É o tipo de coisa que não acrescenta nada à sua vida e que, ao contrário, ainda pode prejudicá-la.

* Mude suas senhas regularmente e não fique divulgando-as por aí. Nem para o seu namorado ou para a BFF. Privacidade é tudo na vida, amiga!

* Mantenha seu antivírus atualizado. Se ainda não tem, peça aos seus pais para comprarem um.

* Saiba que é crime xingar e ofender pessoas publicamente, passar, receber ou guardar fotos de menores de 18 anos sem roupas ou em posições eróticas, copiar textos sem atribuir autoria, baixar música e vídeos sem pagar os direitos autorais, usar senha de outra pessoa, criar perfil falso e usar imagem ou foto dos outros sem pedir permissão. Para tudo isso há uma punição prevista pela lei. E desconhecimento não serve como desculpa para se safar de um processo civil e penal.

* Se visualizar conteúdos suspeitos de serem racistas ou que contenham cenas de violência contra crianças, denuncie em www.denuncie.org.br.

Se o bicho já pegou, peça ajuda!
A nossa matéria chegou tarde demais e você já se envolveu numa situação pra lá de complicada usando a rede? Não se desespere. Pode ter certeza de que, se está sendo vítima de chantagem, ofensas ou qualquer tipo de perseguição, já existem meios de encontrar o responsável por esses ataques – se você não souber de quem se trata – e também de puni-lo. O primeiro passo é pedir a ajuda de um adulto de confiança. “Grave os arquivos ofensivos em formato digital e imprima. Essas são as provas que você vai usar para se defender”, ensina Rodrigo Nejm, do Safernet. Daí, basta procurar alguém que possa tomar as providências necessárias, para fazer parar já os abusos. Então, se a história toda envolve um colega da escola, por exemplo, vá à direção, acompanhada dos seus pais.
Agora, se a autoria das maldades é desconhecida ou se a autoridade no colégio ou em outro ambiente onde rolaram as ameaças deixou a desejar, o jeito é procurar uma delegacia. “Nas grandes cidades, há delegacias especializadas em crimes digitais. Porém, em qualquer delegacia é possível registrar o boletim de ocorrência”, diz Rodrigo. Quando a imagem, vídeo ou texto ofensivo estão hospedados em um site, a alternativa é mandar uma carta registrada à empresa responsável, pedindo que seja retirado do ar (no site do Safernet, www.safernet.org.br, tem alguns endereços de empresas).
Em último caso, a assessoria de um advogado pode ser necessária. “O responsável por um ato desses, ainda que tenha menos de 18 anos, pode ser julgado tanto civil quanto penalmente”, diz Cristina Mattos Assumpção, que dá um curso sobre ética e cidadania digital aos alunos do Colégio Bandeirantes. “O menor pode ser convocado por um juiz, para se explicar sobre o acontecido. E já existem casos de famílias penalizadas, que foram obrigadas a arcar com algum tipo de indenização pela infração à lei”, completa Rodrigo.

Fonte /atrevida.uol.com.br

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde