Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Casamento, dicas.

jun 21

Segredinho da vovó.

Quando chega o grande momento, toda a noiva fica ansiosa e sem saber por onde começar. É aí que aparecem todas as dúvidas, desde as mais comuns até outras. O ponto de partida de um casamento bem elaborado, está na roupa dos noivos, pois o estilo de cada pessoa conta muito neste momento.

Primeiramente, você vai unir o jeito de ser e agir do casal, isto é, a personalidade de ambos, que pode ser: esportiva, formal, moderna ou romântica.
Definindo esta etapa, vocês já vão ter meio caminho andado, pois é neste momento que poderão idealizar todo o casamento, desde a cerimônia até a festa.

O segundo passo será dado na hora da escolha do vestido de noiva, onde o mercado é vasto e você terá à sua disposição opções, que vão desde o grande estilista, passando pelo comércio das lojas especializadas, pela possibilidade de alugar um vestido, encomendá-lo a uma costureira ou até mesmo recorrer a um exemplar de segunda mão, anunciado em jornais. Nesta hora tudo é válido, desde que você encontre o modelo dos seus sonhos.

Para algumas noivas, a escolha do vestido é feita a partir do preço baixo, neste caso, é inútil visitar lojas que estejam acima do orçamento previsto. Outras, podem adotar a qualidade do vestido, sem se preocupar com o preço, o que a presenteia com mais opções.

Chegado o momento de pensar na festa. Fazer ou não fazer uma festa de arromba? Eis a questão, que aparece na cabeça da maioria dos noivos. Antes de qualquer coisa, é preciso levar em conta se o orçamento e o estilo dos noivos combinam com o tipo de festa que eles idealizam. É importante avaliar o que pode e o que não pode ser feito para a comemoração.

Muitas vezes, fazer um simples bolo e um bom champanhe na própria igreja, se torna mais chique do que uma festa enorme, onde os noivos mostram o que “gostariam de ser”, e não “o que são”.

É por aí, que começam alguns erros nas festas. Os próximos passos da preparação do casamento, serão mais simples, entrando em comum acordo, os noivos não vão encontrar mais dificuldades.

E então, é só curtir esta data que é muito especial, única e emocionante. Por isso, faça com que este dia se torne inesquecível.
Não é proibido que você tenha cortejos em seu casamento, observe, porém, que existem algumas variações; isso, na realidade se deve a tradição religiosa, protocolos políticos, ou de nobrezas, ou lendas que procuram dar um significado mágico a esse dia.

Cortejos do noivo acompanhado dos padrinhos Braço Direito ou Esquerdo? Cortejos Tradicionais.
Existe uma polêmica em relação ao braço que o homem deve dar para a sua acompanhante.   A regra de etiqueta diz que deve ser o direito. Porque? A razão, dizem os especialistas, é porque com a mão direita cumprimentamos  as pessoas, saudamos os amigos, é, portanto, a mão amiga e que traz bons fluidos. Por outro lado, a mão esquerda e do coração deve ser dada a pessoas ainda mais “chegadas”, ou seja, noiva, mãe e esposa. É uma decisão difícil e que deve ser bem pensada. O padrão no Brasil é o homem dar a mão/braço esquerdo. :Inexistência da mãe do noivoNo caso da falta da mãe do noivo, é recomendável que uma parente o acompanhe até o altar, não importa a idade.

Inexistência da mãe do noivo: No caso da falta da mãe do noivo, é recomendável que uma parente o acompanhe até o altar, não importa a idade.

Cortejo da Noiva É uma dos momentos mais bonitos da cerimônia. Pequenos detalhes devem ser observados, por exemplo:
– se um violino for buscar a noiva, jamais deixe a porta de acesso ao corredor aberta, crie  um clima de expectativa, e abra a porta quando o violinista estiver cerca de 5 metros da mesma. A noiva deve estar preparada para não chorar, se emocionar;

– a noiva deve levar o buquê na mão direita e na altura do “umbigo”, levemente  afastado do vestido;
– o buquê deve estar voltado para dentro do corpo e levemente para baixo;
– o braço direito deve entrelaçar o braço esquerdo do pai;
– a mão direita deve estar descansando sobre o braço do pai, e não segurando-o;
– não entrar de mãos dadas, isto dá uma impressão de passeio na floresta;
– na entrega, o pai deve, primeiramente, ser cumprimentado pelo noivo;

Cortejo de Damas de Honra ou Pajens É bonito vermos crianças pequenas levando um objeto (cesta, almofada etc) onde estão depositadas as alianças, biblia, chave da casa, ou presentes para os padrinhos, todavia,  recomenda-se que tenham mais de 7 anos de idade, caso contrário corre-se o risco de ficarem inibidas, chorarem, não entrarem e provocarem cenas de risos, tirando a atenção sobre a cerimônia

O momento da entrada das Daminhas ou Pajens.

Variação 1 – Logo após os padrinhos e antes da entrada da noiva:
Hoje em dia, devido ao curto espaço de tempo para a duração da cerimônia, é o método mais recomendado, mas não é o mais utilizado.
– visa, de certa forma, evitar a  interrupção, quebra do ambiente, em um dos momentos mais importantes da cerimônia, que é a troca das alianças.
Variação 2 – Damas à frente da noiva
É um dos métodos mais utilizados, todavia, não indica distinção. Neste caso a atenção da cerimônia é dividida, desviada para as crianças. Algumas recomendações:
– entrar no corredor da igreja inicialmente só e aguardarem a entrada da noiva que deve estar se movimentando logo atrás;
– andarem cerca de 3 metros à frente da noiva;
– ficar atento com o momento que a noiva é entregue ao noivo. As damas/pajens não devem “parar para olhar”, isto “complica” a movimentação de fotógrafos, cinegrafistas, pai da noiva e nubentes, em resumo, muita gente em pouco espaço;
– quando no altar, tomar posição junto aos padrinhos parentes;
– a(s) dama(s)/pajem(ns) que portar(em) as alianças deve(m) ficar alerta(s) ao momento de entregá-las ao sacerdote. Não devem ficar “plantadas/os” ao lado do altar, e sim, fazer a entrega e voltar(em) ao(s) seu(s) lugar(es).

Cortejos na saída

Alguns organizadores esquecem que a saída também precisa de coordenação. Se não houver ensaio antes, é importante que o cerimonialista arrume uma outra forma de passar informações, no curto espaço de tempo disponível de como deve ser a saída. Temos presenciado casamentos no qual os cerimonialistas “somem”, ou se omitem após os cortejos de entrada.

Cuidado com cerimonialista que se coloca de pé apontando para os casais se movimentarem na saída, esses provavelmente sairão melhor que os noivos em todas as fotografias.

É bom parentes e amigos conduzirem o cerimonial?

É temeroso. Lembre-se que é uma data importante, e problemas que surgem durante os cortejos e cerimônia são melhores resolvidos por profissionais experientes no assunto.

Quem faz o cerimonial de casamento normalmente tem uma disciplina de trabalho e experiência. Normalmente não temos idéia do volume de informações que circulam no curto espaço de tempo de uma cerimônia, e da complexidade e do trabalho que é feito.
Cumprimentos Evite que alguém(a não ser fotógrafos e cinegrafistas) fiquem arrumando o vestido da noiva durante os cumprimentos e mesmo no altar. Se a cauda for grande, durante os cumprimentos, enrole-a no braço e se movimente livremente.

Cerimonialista que tenta arrumar vestido da noiva pode tirar o brilho da cerimônia, como também pode ser um pequeno caos para a movimentação de todos. Tome cuidado.

Nem sempre o processional de cumprimentos que você viu na cerimônia de casamento de outra pessoa poderá ser aplicado ao seu.

A quem devemos cumprimentar primeiro?

A regra manda que a noiva inicie o cumprimento pelos pais e padrinhos do noivo, e o noivo pelos da noiva, todavia, isto pode ser modificado, não é uma regra rígida.

Existem diversas maneiras da realização dos cumprimentos, inclusive, dando pequenas lembrancinhas para cada casal de padrinho. A forma mais apropriada a ser recomendada vai variar em função do número de padrinhos, disposição física do altar e tempo disponível para a cerimônia. Tem que ser cuidadosamente avaliadoO RITUAL DE RECEPÇÃO
O baile
O baile deve ser aberto pelos noivos, que dançarão a primeira valsa ou música predileta. Na segunda música, a noiva dança com o pai e o noivo com a sogra. Na terceira, a noiva dança com o sogro e o noivo com a mãe. E seguida, o noivo dança com as madrinhas e damas de honra e a noiva com os padrinhos. Depois, o baile é aberto a todos. O convite para a valsa é feito pelos músicos.

Cortando o bolo
Não corte o bolo no final da festa, pois muitos convidados já terão ido embora. Combine com os músicos algo especial para marcar o momento. Os noivos cortam o bolo juntos, a mão do noivo sobre a da noiva. Todos brindam com champanhe.

A noiva deve servir os pedaços, sendo a primeira fatia para o noivo. Em seguida, ela oferece à sogra, à mãe, aos pais e padrinhos. Os garçons se encarregarão do restante. Às vezes, o primeiro pedaço é dado a uma amiga íntima solteira, para que ela case logo. Mas essa atitude pode ser constrangedora para a amiga.

Atirando o buquê
Pouco antes de ir embora, a noiva joga o buquê às amigas e convidadas solteiras. Aquela que o pegar, segundo a tradição, será a próxima a casar.

Lembrancinhas
Geralmente a noiva circula pelo salão distribuindo as lembrancinhas como forma de agradecer a presença de todos. Não há problema algum em deixar uma pessoa responsável para entregá-las na saída do salão, conforme os convidados deixem a festa. Existem várias opções de lembrancinhas. Os bem-casados são os tipos mais tradicionais. Dois biscoitinhos juntos por doce-de-leite, que representam a doce união. Cinco amêndoas embaladas em um saquinho também são clássicas e simbolizam a saúde, riqueza, fecundidade, felicidade e vida longa.

Os convidados deverão receber os convites com um prazo de até 30 dias, no mínimo.

Padrinhos, madrinhas e daminhas precisam de um prazo de 4 meses para serem convidados, pois se não puderem aceitar o convite, por algum motivo, você terá tempo de convidar outra pessoa. Outro motivo é que as roupas geralmente são coordenadas com a dos noivos ou mais trabalhosas, necessitando de um tempo maior para confeccioná-las.

Escolham pessoas as quais vocês tenham afinidades e laços de amizade, pois esse será um vínculo duradouro. Não convide pessoas para padrinhos só por causa dos presentes que podem oferecer.

Não é educado que os convidados compareçam só na recepção para aproveitarem a festa, evitando a igreja com justificativas de última hora, que só pioram a situação. O convidado que não puder comparecer a um ou outro lugar, deve avisar aos noivos, com antecedência.

Quando se tratar de casais, se forem só namorados você não precisa enviar convite a pessoa que não faz parte do seu círculo de amizades, ou que não conheça direito. Agora, se forem casados, você terá que convidar em nome do marido e família.

Para cada um dos noivos, na igreja, devem ser convidados no máximo 3 casais. Para o civil, no máximo 2 casais.

Para os casamentos realizados durante o dia, os padrinhos (homens) não precisam, obrigatoriamente, estarem vestidos como o noivo. Um terno com um bom corte e , de preferência, em preto, azul marinho, ou cinza , serão os mais recomendáveis. Só não é permitido que seja calça e paletó de cores diferentes, a não ser que seja um convidado.

Se a cerimônia for à noite, eles deverão se vestir de acordo com o noivo, sendo o mais correto, igualmente. Os trajes mais adequados, são o meio fraque, o fraque e a casaca. Um traje muito usado atualmente é o jaquetão, que se escolhido, e em um tecido apropriado, fica muito elegante. As madrinhas jamais devem usar um traje na cor branca, como a noiva, assim como nenhum outro convidado. A cor preta, para as madrinhas, independente da hora do casamento, está totalmente proibida, a não ser que esteja mesclada com outra cor, pois embora chique, é a cor que representa o luto e, somente por isso, deve ser evitada. Se combinada com acessórios de cores diferentes, pode-se criar um estilo sofisticado. Mas o preto total, deve realmente ser evitado. Tem muitos tons que ficam lindos para os vestidos das madrinhas. Se a cerimônia for durante o dia, pode-se usar o salmon, o creme, o pêssego ou tons de rosa. Para a noite pode-se usar o verde garrafa, o vinho, o grafite, o azul pavão e até o prata.

Fonte CN Produtora

 

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde