Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Ceia de natal quantidade.

dez 08

Segredinho da vovó.

Ceia de Natal é, quase sempre, sinônimo de exagero à mesa. Para quem não quer investir no desperdício nem ver a comida acabar no meio da festa, o caminho é calcular a quanto de cada receita é preciso oferecer aos convidados. “O ideal é uma mesa farta sem sobras. Chique é não jogar comida fora”, diz o chef João Belezia.

Fazer o cálculo não é tarefa fácil, pois o quanto cada um come varia muito de acordo com sexo, idade e peso. Além da fome, a quantidade também está ligada à variedade de pratos dispostos na mesa. Em geral, todo mundo quer provar, nem que seja um pouquinho, as receitas elaboradas especialmente para o Natal.

Dessa forma, para iniciar a conta, é preciso saber quantos são os convidados e, dentre eles, quantas crianças, homens e mulheres. Em geral, um adulto come entre 400 e 700 gramas de comida durante a ceia. “Mulheres preferem comer coisas mais leves e carboidratos. Já para os homens é preciso ter carne – e o tender é geralmente o prato predileto”, diz a chef Adriana Cymes, sócia do bufê Arroz de Festa.

Confira abaixo a quantidade indicada de comida para cada etapa da refeição. Como margem de segurança, acrescente, no final da conta, de 10% a 20% da quantidade planejada. Ela pode atender o convidado que veio de última hora ou então o almoço da família no dia seguinte.

ENTRADAS

Se a ideia for espalhar frutas secas pela casa, para que os convidados se sirvam ao longo da noite até a ceia, calcule de 100 a 150 gramas por pessoa. Caso sirva canapés ou salgadinhos, o recomendado é calcular de quatro a seis unidades para cada um, dependendo da variedade. Quanto maior o número de opções, maior a tentação em prová-los.

CARNES

Segundo a chef Adriana Cymes, uma pessoa come 200 gramas de carne durante a ceia. Como um peru congelado de 3 quilos pode acabar rendendo – depois de pronto e servido– apenas 60% do seu peso, ele atende, no máximo, a nove pessoas –considerando também que toda a carne será aproveitada.

Se os convidados ultrapassam esse número, o ideal é oferecer um peru de 4,5 quilos e contar com uma segunda opção de carne à mesa, que pode ser um peixe, um pernil ou um tender. Ela pode já ir cortada à mesa, em fatias pequenas, para evitar desperdício ou que se estrague a apresentação do prato. Mas lembre-se: com duas carnes à mesa, a probabilidade é que se coma mais.

É importante destacar que mulheres comem, em geral, entre um terço e metade da quantidade de carne um homem. Por isso, se entre os convidados a maioria é masculina, reforce a oferta.

ACOMPANHAMENTOS

A quantidade de cada acompanhamento varia de acordo com o número de opções à mesa. Em um jantar em que as carnes serão acompanhadas de arroz e farofa, o chef João Belezia diz que um quilo de farofa pronta atende 15 pessoas. Já um quilo de arroz cozido serve aproximadamente 15 pessoas; se estiver incrementado com frutas secas ou for cremoso, calcule dez.

SOBREMESA

Para quem não quer ter dor de cabeça na hora de preparar a sobremesa, a sugestão de Adriana Cymes é o sorvete gourmet. “Existem ótimas opções, inclusive nos supermercados. Como nosso Natal é quente, a sobremesa agrada e não dá trabalho.” Para cada litro de sorvete, calcule seis pessoas. Se a preferência for pelo bolo, calcule 100 gramas por pessoa caso seja a única sobremesa disponível; se houver outra opção, considere 60 gramas. Quando há mais de uma opção de sobremesa, o ideal é que cada uma delas consiga atender a todos os convidados. Se além da sobremesa, a ceia contar com docinhos, calcule três por pessoa.

BEBIDAS

Quanto a bebidas, o recomendado é, se possível, conhecer a preferência de cada convidado para definir quem prefere as alcoólicas. Como as bebidas, ao contrário da comida, não precisam ser consumidas imediatamente, é possível comprar a mais para não correr o risco da falta delas acabar com a festa.

Segundo o chef João Belezia, uma garrafa de espumante serve três pessoas, enquanto uma garrafa de vinho tinto atende cinco. “O consumo varia de acordo com a temperatura do dia. Como a previsão é de que seja uma noite quente, a preferência deve ser pelo espumante”, diz Belezia. A cerveja também pode ser incluída no cardápio. Se houver outras opções na ceia, uma garrafa é indicada a cada duas pessoas. Se o whisky também estiver entre as opções, calcule uma garrafa para 15 pessoas. De refrigerante, um litro atende três pessoas.

O cálculo deve ser feito sobre todos os convidados adultos da festa, independentemente de quem toma o quê.

LOUÇAS

Com relação às louças, o número de pratos dependerá dos tipos de receita que serão servidas durante a noite. Se os petiscos ou entradas puderem ser consumidos com as mãos, como castanhas, considere dois pratos por pessoa: um para a parte quente, outra para os pratos frios.

Lembre-se também de que quanto mais opções de bebidas, mais copos serão necessários. Marcadores individuais de taças e copos podem evitar o impulso de abandonar a bebida em algum lugar para pegar outro recipiente vazio.

A noite de Natal e o almoço do dia 25 são  festas mais íntimas, para pessoas queridas como familiares e amigos próximos. Mas esse caráter reservado não denota que a ocasião inspire menos cuidados em sua organização. “Apesar de ser entre família ou amigos, a ceia de Natal é mais alinhada, mais requintada”, afirma a cenógrafa e decoradora Renata Chapchap.

Uma festa confortável comporta no máximo duas pessoas por metro quadrado. “Em uma sala de estar com 15 m², considerando as dimensões-padrão dos móveis, cabem dez pessoas,” diz Cristine Stuermer Coli, coordenadora de Design de Interiores do IED (Istituto Europeo di Design). A lista ultrapassou um pouco o tamanho ideal? Simples! Abra mais espaço nas áreas sociais guardando alguns móveis.

Retire aqueles itens que não serão aproveitados durante a festa, como mesas de centro muito baixas e revisteiros, e guarde-os no quarto de empregada. De toda forma, não exagere: “Casa tem que ter cara de casa,” diz a decoradora de eventos Letícia Alencar. Assim, se o número de convidados exceder muito o espaço disponível no apartamento ou casa, considere outras opções, como alugar o salão de festas do condomínio ou um espaço para eventos.

– Distribua as cadeiras pela sala

Se a ceia não se restringir a poucas pessoas, deixar as cadeiras em volta da mesa de jantar tende a dificultar a circulação dos convidados, que ficarão naturalmente concentrados ali, pela disposição dos comes e bebes. Para solucionar a falta desses assentos, crie “mini-salas de estar”. “Junte uma poltrona, um sofá de dois lugares, uma cadeira e pronto: você criou um local para quatro pessoas,” sugere Coli.

O ideal é oferecer assentos para pelo menos 50% dos convidados. Para aproveitar melhor o espaço, use pufes ou banquinhos, que podem ser alugados em lojas de festa, são facilmente transportáveis e não ocupam muito espaço.

– Retire excessos dos móveis

Deixe o mínimo de objetos nas mesas laterais, de centro e estantes. Ficam enfeites temáticos, como bonecos do Papai Noel e vidros cheios de bolas coloridas, e saem vasos de cristal, por exemplo. Quem espera receber crianças deve redobrar esse cuidado e retirar do alcance dos pequenos tudo o que for frágil e quebrável.

Evite, também, colocar faixas e balões nas paredes: esses recursos dão peso aos espaços, além de causar possíveis estragos ao acabamento e à própria celebração. “Eles podem cair no meio da festa, sobre os convidados, a comida ou as velas ou descascar parte da pintura quando forem retirados”, ressalva Coli.

– Aproveite o jardim também

“Colocando um bar do lado de fora, você força a circulação dos convidados”, orienta Chapchap. Se tiver espaço na varanda, jardim ou terraço, monte ali uma ou duas mesas para os convivas. Caso haja piscina na residência, dispense ao ambiente atenção especial: enfeite-o com velas flutuantes e bolas coloridas grandes para ganhar em estética. Porém, se na festa estiverem crianças de até dez anos, o mais recomendado é cobrir a piscina com um piso transparente ou uma rede para evitar acidentes.

– Faça uma iluminação especial

“Vela é um elemento decorativo barato, simples e que rende um grande efeito”, afirma a cenógrafa e decoradora Renata Chapchap. Para as festividades de fim de ano, invista nas cores verde, vermelho e branco e distribua as unidades em pontos estratégicos, como sobre a mesa de jantar, em mesas de apoio e estantes.

  • Confira as dicas de como usar as luzinhas de Natal ao ar livre de maneira mais bonita e segura. Clique!

Mas atenção! Cuide da segurança: todas as velas devem estar em suportes próprios, como castiçais ou lamparinas. “Os mais indicados são as lamparinas ou lanternas. Com elas, o fogo se extingue quando a vela cai,” sugere Coli.

Para criar um clima intimista, regule a iluminação elétrica a meia-luz usando um dimmer, caso esteja instalado. Para conseguir o mesmo efeito, um abajur aceso em um dos cantos do ambiente dá conta do recado.

– Monte uma mesa bonita

Escolha uma toalha bonita, de uma cor só ou com motivos natalinos, para compor a mesa principal. Para enfeitar, um arranjo central de flores ou frutas e um par de castiçais são suficientes. Com mais elementos, a mesa pode ficar visualmente poluída. Se dispuser de um aparador, use-o para acomodar os utensílios de servir e consumir.

Coloque os copos lado a lado e organize os talheres, apoiando as facas nos dentes dos garfos a fim de montar conjuntos. Com os pratos, monte pilhas e tente manter uma coerência de cores e estilos para as louças. “Coloque no máximo 15 pratos em cada torre. Se houver muitas unidades, divida-as em pilhas de dez”, ensina Esther Proença, especialista em etiqueta.

Copos, pratos e talheres de plástico devem ser evitados, pois tiram a elegância da festa. Se não tiver utensílios suficientes e não quiser alugar, peça a um convidado mais próximo para que traga alguns de casa. O uso de guardanapos de papel é liberado, mas dê preferência aos mais grossos e coloridos em verde, vermelho ou dourado e coloque-os dobrados sobre o aparador ou a mesa, preferencialmente sobre uma bandejinha ou um pratinho bonito.

– Organize o serviço

Em apartamentos menores, o ideal é usar o serviço americano, em que os convidados se servem no esquema “self-service” e comem com os pratos apoiados no colo ou nas mãos, em pé.

Nesse caso, é importante fazer um menu que não dependa de faca – sirva o peru em pedaços menores, por exemplo. Quem tem espaço em casa pode montar várias mesas exclusivamente para os convidados permanecerem durante o jantar, distribuindo-as entre a sala de estar, jantar e o quintal. A família é pequena e há espaço? Então monte duas mesas, sendo uma exclusivamente para as crianças.

– Enfeite o banheiro

Esse será um dos cômodos mais visitados da noite e deve ser monitorado para ficar limpo durante toda a festa. Deixe um pano de chão à mão, mas não à vista – coloque-o em um recipiente e dentro do armário, por exemplo. O ideal é oferecer aos convidados toalhas de mão pequenas, enroladas e empilhadas em um cesto ou bandeja ao lado da pia. Depois de usadas, elas devem ser descartadas em outro cesto. Para quem não tem tantas toalhas, a opção é trocar aquela que está junto ao lavatório sempre que o tecido estiver molhado.

Os rolos de papel higiênico podem ficar a vista, mas com estilo. “Faça uma amarração em volta de cada rolo com uma fita vermelha e os coloque em uma bandeja bonita de prata ou outro material, cheia de musgos,” sugere a decoradora Letícia Alencar. Além disso, retirar os produtos de beleza e higiene que possam estar aparentes e enfeitar o ambiente com arranjos florais delicados é de bom tom.
A cozinha

Se tiver uma mesa nesse ambiente, enfeite-a com um arranjo de frutas e bolas e retire as cadeiras em volta dela para facilitar a circulação. Também vale providenciar um avental com motivos natalinos para a pessoa que estiver cozinhando. E, já que o espaço estará aberto aos convidados, deixe frutas secas, castanhas e outros aperitivos ao alcance dos convidados.

 

segredos da vovo arranjo natal

segredos da vovo arranjo natal4

segredos da vovo arranjo natal2

 

segredos da vovo natal decoraçao2

 

segredos da vovo natal pacotes

 

segredos da vovo natal presentes14

 

segredos da vovo natal presentes11

 

segredos da vovo natal mesa5

 

segredos da vovo natal cadeira

Fonte http://mulher.uol.com.br/

www.receitas.uol.com.br

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde