Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde

Mais dicas para seu casamento.

out 16

DICAS E TRUQUES
página  / 1
Quem devemos convidar para padrinhos?

Não há regra protocolar. Os padrinhos devem ser as pessoas que os noivos preferem para testemunhar a celebração do seu casamento. Assim sendo, limitamo-nos a deixar sugestões:

irmãos e irmãs

o noivo pode levar os padrinhos e a noiva as madrinhas

amigos e amigas de infância, de adolescência, da faculdade ou até do emprego

os padrinhos do Baptismo

tios e/ou primos

Um conselho: tempos houve em que inovar era levar inúmeros padrinhos. Actualmente, isso caiu em desuso. No máximo, dois padrinhos e duas madrinhas de cada um. É que nem todos poderão assinar o livro de assentos de casamento, o que torna desagradável para alguns “fazerem ofício de corpo presente” e nada lhes ser requerido à parte de um presente adequado à função.


Como indicar aos convidados a sua mesa?

O placard à entrada da sala onde irá decorrer a refeição – almoço ou jantar – está demasiadamente visto nesta altura em que “inovação” é a palavra-chave.

Escolham fotografias dos noivos desde bebés até à idade adulta. Elas poderão servir para a introdução de um livrinho, onde estarão escritos os nomes dos convidados por ordem alfabética com o nome da mesa a seguir, e que deverá ser distribuído a todos à chegada ao local da recepção. Desses livrinhos poderão constar ainda histórias engraçadas que os noivos viveram, testemunhos de amigos de infância e juventude, de familiares, de colegas de trabalho…

Deste modo, evitarão a aglomeração dos convidados em frente do placard e terão, sem dúvida, inovado.

A mãe da noiva!

Quem é a pessoa cujas esperanças, sonhos e fantasias estão prestes a realizar-se? Não, não é você. Que presunção! É a sua mãe.

Afinal, talvez ela esteja a pensar no seu casamento desde o mesmo dia que você.

Não há muito tempo, era a mãe da noiva quem tudo decidia no que respeita ao casamento: desde a escolha do local à distribuição dos convidados pelas mesas. Só deixava as contas para o pai pagar. Actualmente, são os noivos que, geralmente, se ocupam da organização do casamento com receio de que a mãe possa imiscuir-se de mais. Mas pense bem que ela já organizou muitas festas desde que vocês nasceram e, portanto, terá mais experiência. Não se esqueça dos bons conselhos que foi ouvindo dela ao longo da sua infância e sobretudo juventude!

A maior parte das noivas gosta de pedir a opinião da mãe para escolher o vestido do casamento, o fato de saída, as toilettes dos pagens…

No dia do casamento, a mãe da noiva deverá ser, conjuntamente com o pai, a anfitriã da festa: recebem os convidados, vão-se certificando de que tudo está do agrado deles, até ao final, quando todos já saíram.

Há muitas noivas e mães que, nos meses que antecedem o casamento, entram facilmente em conflito. Deixamos aqui um conselho: porque não deixar a mãe ocupar-se de alguns preparativos, como por exemplo os arranjos das flores, se você não é perita no assunto e tem pouco tempo para o fazer? Se é a mãe que oferece a festa do casamento, tente ir ao encontro do seu orçamento não exigindo mais do que as suas possibilidades lhe permitem.

Sobretudo, lembrem-se de que as noivas de hoje serão as mães de amanhã.

Como poupar no casamento?

Se o seu orçamento não é tão grande assim, tente cortar nas despesas de acordo com os nossos conselhos. Estes cortes serão tão subtis que, aos olhos dos convidados, com certeza que parecerá que acabou de ganhar a lotaria.

1. Escolha um local que possua um jardim bonito, azulejos antigos, fontes de pedra, ou outros elementos decorativos. Verá que irá poupar bom dinheiro nas flores.

2. No que respeita aos centros de mesa, escolha-os bem simples. Quanto mais complicados, mais materiais exigem e mais tempo requerem da decoradora. Um centro de mesa pode ser bonito sem ter de levar obrigatoriamente arranjos de flores. Que tal umas velas e umas pedras e pétalas espalhadas sobre as mesas?

3. Aceite se alguém se oferecer para lhe emprestar uma tiara, uns brincos, um toucado. Lembre-se que poderá estar a dar uma alegria a quem lho propõe e, simultaneamente, evita a despesa.

4. Pentear-se e maquilhar-se num instituto de beleza é sem dúvida mais económico do que mandar vir os profissionais a casa.

5. Um DJ poderá sair-lhe consideravelmente mais barato do que uma banda. Informe-se bem e estabeleça uma boa relação preço/qualidade.

Comentários

comentarios

Deixe seu comentário

Home | 15 Anos | Ano Novo | Vovó Apresenta | Beleza | Dicas | Festas | Formaturas | Natal | Noivas | Receitas | Recém Casados | Reveillon | Vovó Responde